Pastor Sérgio Von Helde que chutou a imagem de Nossa Senhora não virou católico

O ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus que se auto declara bispo, ficou conhecido no Brasil e no mundo por chutar a imagem de Nossa Senhora de Aparecida em seu programa de televisão na TV Record no dia 12 de outubro de 1994 dia da nossa padroeira. O caso repercutiu internacionalmente, e trouxe indignação para todos os católicos e até mesmo para autoridade de fora da igreja, o pastor teve que ir embora do Brasil indo morar nos EUA.

Com o surgimento da internet começaram a surgir rumores de que o pastor teria se convertido ao catolicismo e teria se arrependido do que fez, com o passar dos anos o boato foi crescendo cada vez mais, não se sabe quem o criou, mas a notícia se espalhou de tal forma que até meios de comunicação e autoridades da igreja católica acreditaram na suposta história de que o pastor se converteu. De fato uma mentira contadas tantas vezes acaba parecendo verdade. E como nos anos 2000 muitos acreditavam em tudo o que via na internet, o boato é contado há mais de 20 anos e hoje em dia o mesmo ganhou forças nas redes sociais.



A história é muito bem contata e faz qualquer um pensar que é verdade, realmente o autor do boato está de parabéns, esperamos que não seja um católico mentiroso. Você com certeza deve ter ouvido a história deste pastor, onde o boato diz que o “bispo” começou a sofrer de dores na perna direita – exatamente a que ele tinha – após o ato de ódio e as dores tinham sido tão grandes que ele teve que procurar ajuda nos Estados Unidos. No hospital, uma enfermeira negra passou a orar por ele, o que acabou dando o resultado. A recuperação acabou dando resultado e fez com que o pastor fizesse uma festa no hospital para agradecer a equipe médica pelo trabalho no tratamento de sua perna, no meio da festa Von Helder teria procurado a enfermeira que rezou por ele e para sua surpresa ninguém a conhecia e ela não trabalhava naquele hospital, de acordo com o boato neste momento o pastor se ajoelhou e pediu perdão pelo que tinha feito e se converteu ao catolicismo.

Uma matéria da revista Isto É de 2004 diz que o boato começou a tomar dimensões gigantescas quando foi publicado na revista católica Pergunte e Responderemos, e como diz o texto a história saiu até na TV Canção Nova. A pesar de convincente o boato foi desmentido pela própria Isto É que conversou com Dom Estevão Bettencourt e este disse que soubera da história pela internet. A revista também conseguiu apurar que, em 2004, Von Helder trabalhava para a Universal no EUA.

Edir Macedo também desmentiu a história em 2012, onde ele mesmo diz que Von Helder tinha se desligado da Igreja mas não havia se tornado católico, ele também afirma que o ex-pastor da Universal nunca teve problemas na perna, e por fim, acusa o “clero católico” de espalhar o boato para “recuperar a credibilidade”.

Livro Um chute na idolatria


Hoje sabemos que tudo isso não passa de uma grande mentira, inclusive em 2014 Von Helder voltou para o Brasil e ainda publicou o livro Um Chute na Idolatria que mais uma vez ataca a fé católica. É importante para todos os católicos saberem da existência deste boato para não espalharem as famosas “fakes news” e todos nós sabemos quem é o pai da mentira.

Compartilhar