Hora do Angelus Domini

A Hora do Angelus (ou Toque das Ave-Marias, Hora das Ave-Marias), que corresponde às 6h00, 12h00 ou 18h00, relembra a nós católicos, mediante meditação e orações, o momento da Anunciação - feita pelo anjo Gabriel a Maria - da concepção de Jesus Cristo, como livre do pecado original.

Na igreja católica estes três momentos de oração querem reforçar a sensibilidade de comunhão entre Deus e os homens. Pela manhã, a oração objetiva oferecer todos os trabalhos do dia a Deus, como gratidão pela sua Encarnação. Ao meio dia, por intercessão da Virgem Maria que deu seu sim a Deus, os cristãos pedem a seu Deus os meios de louvá-lo e adorá-lo no apogeu do dia, quando Cristo foi crucificado para salvá-los. A tardinha a oração objetiva agradecer os favores da Divina Providência durante o dia, pedir perdão e recomendar a alma à Santíssima Trindade durante a noite que vem, por meio da Virgem Maria.

O Sim de Maria dá cumprimento ao anúncio dos profetas: “Uma Virgem conceberá e dará à luz o Salvador“. É um dos momentos cruciais da História da Salvação, porque marca o início da Redenção com a Encarnação de Cristo, celebrada pela Igreja no dia 25 de março, nove meses antes do Natal.

A composição da oração do Angelus Domini é atribuída ao beato papa Urbano II (pontífice de 1088 a 1099). Já a tradição de rezá-la três vezes ao dia foi iniciada pelo rei Luis XI, da França, em 1472.

O Angelus Domini é composto por três invocações, cada uma com a sua devida resposta, e as três juntas descrevem o mistério da Encarnação do Filho de Deus. As invocações são acompanhadas de uma jaculatória, uma breve oração e três Glórias.

Como se reza o Angelus:

Guia: O Anjo do Senhor anunciou a Maria.

Todos: E Ela concebeu do Espírito Santo.

Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco! Bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém.

Guia: Eis aqui a escrava do Senhor.

Todos: Faça-se em mim segundo a vossa palavra.

Ave Maria…

Guia: E o Verbo se fez carne.

Todos: E habitou entre nós.

Ave Maria…

Guia: Rogai por nós, Santa Mãe de Deus!

Todos: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Guia: Oremos. Derramai, ó Deus, a Vossa graça em nossos corações, para que, conhecendo pela mensagem do anjo a encarnação do vosso Filho, cheguemos, por Sua Paixão e Cruz, à glória da Ressurreição. Por Cristo, nosso Senhor.

Todos: Amém.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

(Repete-se o Glória mais duas vezes)

Em latim

V/ Angelus Dómini nuntiávit Mariæ

R/ Et concépit de Spíritu Sancto.

Ave Maria grátia plena Dóminus tecum, benedícta tu in muliéribus et benedictus fructus ventris tui, Jesus. Sancta Maria, Mater Dei, ora pro nobis peccatóribus, nunc et in hora mortis nostræ. Amém.

V/ Ecce ancílla Dómini

R/ Fiat mihi secúndum verbum tuum.

Ave Maria.

V/ Et Verbum caro factum est

R/ Et habitávit in nobis.

Ave Maria.

V/ Ora pro nobis, sancta Dei Génitrix

R/ Ut digni efficiámur promissiónibus Christi.

Oremus: Gratiam tuam, quæsumus Dómine, méntibus nostris infúnde: ut qui Angelo nuntiánte, Christi Filii tui incarnatioónem cognóvimus; per passiónem ejus et crucem, ad resurrectiónis glóriam perducámur. Per eúmdem Christum Dóminum nostrum. Amém.