Entenda o que é um católico rad-trad

Hoje em dia esse termo é proclamado por muitos de forma pejorativa, muitos católicos jujubas, TLs e modernistas gostam de taxar pessoas que discordam de suas opiniões como “rad-trad”, ou seja, se você falar que algo é anti litúrgico ou que determinado fiel faz algo vai contra a doutrina da igreja, logo você é um católico “rad-trad”.

O que muitos não sabem é que o termo que surgiu através de um neologismo da palavra do inglês radical traditionalism (tradicionalismo radical), se refere ao católico que não aceita o Concílio Vaticano II e o missal promulgado por Paulo VI em 1969, através de uma má interpretação dos mesmos.

O Católico Radical não é aquele que prefere ir a uma missa tridentina ao invés da missa de Paulo VI ou que não gosta de missas muito carismática. O mesmo só aceita missa antes do CVII, ou seja, caso não tenha uma missa tridentina perto de sua casa o mesmo não vai a missa. Ora, aqui vale uma observação muito importante, as pessoas tem todo o direito de não gostar de uma missa tridentina da mesma forma que o contrário. Ninguém é obrigado a gostar de uma missa carismática assim como a missa tridentina, a única coisa de errado é a pessoa achar que ambas as missas não possuem validade.

De fato sabemos que todos estão errados, tanto modernistas e rad-trads quanto TLs são resultado de uma má interpretação do CVII, mas não podemos negar que todos se escondem atrás da acusação de rad-trad para serem os donos da razão na história.

Infelizmente no Brasil o que não falta são razões para um católico que estuda a doutrina da santa igreja se tornar um católico rad-trad, pois muitas dioceses cometem erro ou abuso litúrgico nas missas, grupos jovens e movimentos transformam a missa em um verdadeiro culto protestante e o povo da teologia da libertação e suas missas “interculturadas”, e se alguém ousar dizer que está errado, os mesmos afirmam que o CVII permite o erro e é através dessa desculpa que as pessoas começam a serem contras o CVII e a missa de Paulo VI. O mais engraçado de tudo é que esse povo todo não leu uma linha da introdução geral ao missal romano e muito menos Sacrosanctum Concilium. Não podemos esquecer dos “haters do Papa Francisco” que sempre caem na ladainha da mídia que vive manipulando tudo o que o papa fala.

O católico rad-trad é a menor das preocupações, pois o mesmo somente comete o erro de se basear nas opiniões dos outros.

Portanto, se você possui o costume de acusar pessoas de serem rad-trads por razões fúteis, logo você está realmente julgando seu irmãozinho. E se você é conservador, leia o CVII e o missal romano antes de criticar-los.

Então fica bem claro que o site Angelus Domini não é um site rad-trad, apenas defendemos a doutrina da igreja, doutrina essa que está escrino no missal de Pulo VI, CVII e vário outros documentos da santa igreja.